História do Centro Espírita Nosso Lar

A História do Centro Espírita Nosso Lar confunde-se com a própria história do município de Londrina, emancipado no mesmo ano de 1934, porém 11 meses depois.

1932

No início de Londrina, nos anos 1932 e 1933, quando o município era apenas um povoado, alguns pioneiros se reuniam em suas casas para estudar as obras básicas da Doutrina Espírita. Foram organizados então, os primeiros programas assistenciais e de evangelização. As pessoas sem recursos que chegavam à cidade, não tendo onde ficar, eram recolhidas por algumas famílias espíritas, o que motivou, anos depois, a fundação do Albergue Noturno, situado na Vila Nova.

Com o rápido desenvolvimento da cidade, já em vias de tornar-se município, aqueles pioneiros sentiram a necessidade da fundação de um centro espírita organizado e estruturado conforme orientações constantes nas obras de Allan Kardec, para servir a comunidade ao longo dos anos, de acordo com os ensinos de Jesus.

1934

Com esse propósito, foi fundado em 01 de janeiro de 1934 pelos confrades José Silvério Machado, José Pinto, Luiz Csucsuly, Gabriel Csucsuly, João Csucsuly e Teodoro Csucsuly o Centro Espírita “Jesus é o Mestre”, que passou a ter sua sede própria no ano de 1936 na rua Amazonas nº 804.

1937

Em abril de 1937 foi empossada a primeira diretoria eleita que ficou assim constituída:
Presidente: José Silvério Machado
Vide-presidente: Manoel Antonio Casemiro
1º Secretário: Manoel Lopes Martins
2º Secretário: José Ferreira
1º Tesoureiro: Castor Vicente
2º Tesoureiro: Felix Guerreiro
Caixa: Luiz Csucsuly
1º Zelador: Outto Moreira de Souza
2º Zelador: José Pires
Suplente:  Joaquim Nascimento

Foram registrados nesta data, 44 sócios mantenedores do centro.

1938

Algum tempo depois foi fundado o Centro Espírita “Allan Kardec”, tendo como seu presidente o Sr. Benedito de Oliveira Moraes. Como este novo centro espírita não tinha a sua sede própria e estava tendo dificuldades para o seu funcionamento, foi sugerido na época que houvesse a união dos dois centros, que passou a chamar-se “União Espírita de Londrina”, continuando a sua sede na Rua Amazonas nº 804.

Após nova eleição, a nova diretoria ficou assim constituída:

Presidente: Benedito de Oliveira Moraes

Vice-presidente: Manoel Antonio Casemiro

1º Secretário: Manoel Lopes Martins

2º Secretário: Anacleto Queiroz

1º Tesoureiro:  Nicodemos Souza

2º Tesoureiro:  Pedro Fiel
Procurador:  Luiz Csucsuly

1949

No dia 9 de janeiro de 1949, a “União Espírita de Londrina” formalizou seu pedido de filiação à FEP – Federação Espírita do Paraná, com sede em Curitiba/PR, anexando ao pedido, os documentos necessários. No dia 10 de abril de 1949, foi efetivada a filiação, conforme comunicado expedido pelo Sr. José de Souza Pinto, Secretário Geral da Federação.

1950

Em 1950, foi adquirido um terreno à rua Santa Catarina nº 429. No local foi construído um prédio em alvenaria, com dependências apropriadas ao bom funcionamento de uma casa espírita. A nova sede foi inaugurada no dia 30 de março de 1951.

1951

Em 1951 foi iniciada a construção do “Albergue Noturno”, na rua Araguaia nº 589 e sua inauguração ocorreu no dia 11 de maio de 1953, com a presença da diretoria da Federação Espírita do Paraná e de autoridades locais.

Hoje o Albergue Noturno transformou-se em Lar dos Vovozinhos.

Acesse o site:
https://www.lardosvovos.com.br/

1956

Em 1956 foi iniciada a construção do “Lar Anália Franco”, no bairro Aeroporto, sendo sua inauguração no dia 15 de abril de 1957. Atualmente são atendidas mais de 400 crianças.

1958

Em 1958 foi iniciada a construção do “Lar das Vovós Gilda Marconi”, no mesmo terreno do “Albergue Noturno”, com frente para a rua Iapó nº 130 e no antigo prédio, instalamos o Centro Espírita Meimei.

1966

Com o correr dos anos, novas casas espíritas surgiram em Londrina. Visando unificar o movimento espírita da cidade de Londrina foi sugerida a criação da “USEL – União das Sociedades Espíritas de Londrina”. Para facilitar a criação daquela entidade e evitar confusão de nomes, a partir de 13 de dezembro de 1966, a “União Espírita de Londrina” passou a chamar-se “Centro Espírita Nosso Lar”. O nome teve sua origem no livro “Nosso Lar”, edição de 1943, obra de autoria de André Luiz, primeira de uma série, e psicografada pelo médium Francisco Cândido Xavier.

1970

Na década de 1970 foi feita a reforma geral e ampliação do prédio do Centro Espírita Nosso Lar, passando a ocupar quase todo o terreno disponível, duplicando o tamanho da construção original.

1984

No dia 23 de maio de 1984, foi criado na Universidade Estadual de Londrina o “NEU – Núcleo Espírita Universitário de Londrina”. Suas reuniões foram realizadas no Campus da UEL em sua Biblioteca Central.

1991

Como um dos objetivos do Centro espírita Nosso Lar é proporcionar a assistência social e o de levar o evangelho diretamente à periferia da cidade, em 1991 foram fundadas a “Comunhão Espírita de Londrina” e a “Escola Oficina Pestalozzi”, localizadas no bairro Franciscato e o “Núcleo Espírita Irmã Scheilla” no bairro Jardim Marabá, todos funcionando em prédios próprios de alvenaria, constando de Centros Espíritas com programas de evangelização para crianças, jovens e adultos, palestras, passes, cursos profissionalizantes e atividades de assistência social para os carentes.

O Centro Espírita Nosso Lar dispõe atualmente de mais de 40 grupos em atividades entre: Grupos Públicos, Grupos Mediúnicos, Grupos de Estudos, Grupos de Infância e Juventude, Grupo da Família, Campanha Fraterna Auta de Souza, além de possuir  uma livraria, uma biblioteca e o Clube do Livro espírita. Oferece o Estudo Sistematizado da Doutrina Espírita e das obras complementares, da bíblia (velho e novo testamento) proporcionando desta forma a oportunidade de estudos para os companheiros e companheiras de cidade e da região e para o público em geral de forma gratuita.

1992

A partir de julho de 1992, passamos a realizar a Semana Espírita de Londrina.

Como forma de diminuir os custos e agilizar as administrações, o Centro Espírita Nosso lar descentralizou suas atividades, ficando como entidade central e auxiliadora das seguintes instituições: “Albergue Noturno Raul Carneiro”, “Lar das Vovós Gilda MArconi”, “Comunhão Espírita Cristã de Londrina”, “Escola Oficina Pestalozzi”, “Núcleo Espírita Irmã Scheilla”, “Posto de Assistência Chico Xavier”, “NEU – Núcleo Espírita Universitário”, “Posto de Assistência Assentamento Quati”, e “Campanha Auta de Souza”.

Temos como propósito o de estudarmos meios de criarmos postos assistenciais e grupos de evangelização que venham a diminuir um pouco o sofrimento de nossa população menos assistida, tanto materialmente, como espiritualmente.

Podemos dizer que o Centro Espírita Nosso Lar vem cumprindo fielmente o ideal dos seus pioneiros e fundadores, de “servir a comunidade, ao longo dos anos, de acordo com os ensinos de Jesus”.

Ata de Fundação